Teste de } Amor


Qual o seu Q.A.? (quociente de autoridade)

Teste Qual o seu Q.A.? (quociente de autoridade)
 

É ele quem toma as decisões ou, pelo contrário, você tem a última palavra? Quando não há equilíbrio de poder, lá surgem as crises familiares. Responda as perguntas que seguem para descobrir o que se passa na sua casa.

  • Quando chega o fim-de-semana...
  • Decidimos o que vamos fazer, tentando conciliar os interesses e vontades dos dois.
    Cada um faz o que lhe apetece, muitas vezes separados.
    Na sexta, ele vai para os copos com os amigos, no sábado não fazemos nada porque ele não consegue sair da cama e, no domingo, vamos almoçar com a mãe dele.
    Já tenho a agenda toda planeada, das compras do mês ao filme, passando à maratona de «Donas de Casa Desesperadas» e aos caracóis de praia.
  • Dizem-lhe, a meio da tarde, que vai ter uma reunião decisiva no final do dia, o que vai atrasar a sua chegada a casa. Avisa o seu companheiro e quando chega a casa...
  • Ele já tem o jantar pronto e a mesa posta. Às vezes, ele também tem imprevistos.
    Ele foi jantar fora com o miúdo, a quem dá um presente e explica que a mãe gosta mais do trabalho que da família.
    Nem pensar! Invento uma desculpa e não vou à reunião. Já sei que ele, apesar de estar em casa, não vai dar banho ao miúdo nem sequer vai se dar ao trabalho de pôr o jantar no microondas.
    Avisar? Sabia que me tinha esquecido de qualquer coisa... Mas também não era caso para ele ir amuado para a cama!
  • Estão numa festa de amigos. Após o jantar, segue-se o clássico jogo de perguntas e respostas.
  • É sempre um fartote. Ele responde às de desporto e eu as de literatura. Acertando ou não, divertimo-nos muito!
    Acabamos chateados e a discutir sobre a validade das respostas. Sim, sim, porque já não dá para aceitar «comando à distância» se no cartão diz «telecomando»!
    Que stresse! Já sei que ele me vai criticar pelas respostas erradas, em frente a todos, criando até algum constrangimento entre os nossos amigos.
    Se não for eu a responder... Ele só abre a boca para meter amendoins ou dizer disparates. Seja como for, os amigos são meus.
  • O sexo...
  • ...é um momento de partilha. Muitas vezes não atinjo o orgasmo, mas ele tenta e é sempre muito bom.
    ...já foi bom. sinceramente, a maior parte das noites estou irritada com ele e não me consigo libertar o suficiente para desejá-lo.
    ...tem dias. Mas mais vale fungir que também quero, não vá ele procurar noutro lado. E as vezes não é mau.
    Só acontece quando eu quero e se ele tiver estendido a roupa. E ele que se esforce para me dar prazer - se não, vai passar muito tempo sem nada!
  • Como é a gestão financeira?
  • Decidimos tudo em conjunto, mas há temas que um percebe mais que o outro. Ele tem jeito para fazer o IRS, eu giro melhor os cartões de crédito,...
    Passa tudo pelos dois, mas, muitas vezes, chegamos a impasses. Ele tem a mania que percebe mais que eu de algumas coisas, mas não me deixo levar.
    Ele é que trata dessas coisas, eu só faço as copras do supermercado, conforme o orçamento estipulado.
    Mais vale ser eu a tratar de tudo. De qualquer forma, sou eu quem faz a lista de compras, quem compra a roupa, quem gere os cartões, quem está atenta aos prazos das facturas...

Enviar Teste Para Amiga(o)

* campos obrigatórios